O Uruguai é caro. Custos elevados surpreendem dentro e fora do país

Pátria e Defesa App avatar   
Pátria e Defesa App
O Uruguai tem um Imposto sobre Valor Agregado (IVA) de 22%, um dos mais altos do mundo

O Uruguai é o país mais caro da América do Sul e ocupa o 37º lugar nessa escala entre 146 economias, acima do Japão (47) e da Espanha (54).

Na capital uruguaia, onde reside metade da população do país, o pão custa três vezes mais do que em Assunção, uma dúzia de ovos mais que o dobro do preço de Tóquio e um cappuccino 66% mais caro do que em Madri

IVA de 22%

Os economistas apontam razões estruturais. "O Uruguai tem um Imposto sobre Valor Agregado (IVA) de 22%, um dos mais altos do mundo. E como não tem bons acordos comerciais, paga tarifas de até 25% a 35%".

Somando uma taxa consular de 5% no valor, "um produto importado pode ter uma carga tributária de 50%

No combustível e nos automóveis, existem impostos adicionais. A gasolina no Uruguai é a mais cara do continente americano e uma das mais caras do mundo, a 76,5 pesos por litro (R$ 10,31), segundo Global Petrol Prices.

Os custos de distribuição e comercialização também influenciam o preço do combustível

Descompasso cambial

Fatores macroeconômicos também fazem o Uruguai ser um país caro.

O combate à inflação, prioridade do governo de centro-direita de Luis Lacalle Pou, que assumiu em 2020, também contribuiu para valorizar a moeda do país.

Para restringir o consumo, o Banco Central aumentou sua taxa de política monetária. E, embora a inflação em março tenha sido moderada em 3,8% em 12 meses - seu nível mais baixo desde agosto de 2005 - a taxa de juros de referência permanece alta, em 8,50%

O descompasso cambial faz com que o Uruguai perca competitividade em relação a seus parceiros comerciais e se torne mais caro em comparação, gerando reclamações de produtores rurais, industriais e do setor turístico

Pressão Fiscal

Além da pressão fiscal, no Uruguai existem subsídios cruzados, como os 10% de retenção no preço do diesel para financiar o transporte público.

O Uruguai está se tornando um país de renda média alta, o que torna o salário médio elevado e os serviços, que têm muitos componentes de salários, mais caros

O Uruguai tem uma Renda Nacional Bruta (RNB) per capita de US$ 18 mil (R$ 92,8 mil), a maior da América Latina, segundo a última classificação do Banco Mundial

O salário mínimo nacional atualmente equivale a cerca de US$ 580 (R$ 2,9 mil).

Fonte: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2024/04/25/por-que-o-uruguai-e-caro-custos-elevados-surpreendem-dentro-e-fora-do-pais.htm#:~:text=Os%20economistas%20apontam%20raz%C3%B5es%20estruturais,consultoria%20CPA%20Ferrere%2C%20%C3%A0%20AFP.

 

reginaldod
reginaldod 3 dias atrás
Não tem jeito o negócio é Panamá, outros por aqui são falácias.
1 0 Responder
Mostre mais